Consultoria e treinamento: qual o melhor para minha empresa?

Tempo de leitura: 2 minutos

Resultados abaixo do esperado, equipe desmotivada e com muita rotatividade são sinais de que algo não vai bem na sua empresa. Provavelmente você, líder, está sobrecarregado, estressado, sente que o dia não rende e qualidade de vida cai dia após dia. Nessa situação, você certamente precisa rever a liderança dentro da sua instituição e fazer algo para reverter o quadro. Existem vários métodos para atingir os resultados que você deseja, entre eles, a consultoria e o treinamento de liderança. Mas quando usar um ou o outro?

Para saber como decidir, é fundamental conhecer cada um dos métodos.

A consultoria em liderança é um processo de avaliação seguido de recomendações sobre os pontos que devem ser melhorados na gestão de pessoas da organização. O consultor faz um diagnóstico de todos os parâmetros que envolvem a liderança na empresa: missão e valores, objetivos, sinergia e motivação da equipe, gerenciamento de equipes, de crises e resultados. Ou seja, envolve a organização como um todo.

Em seguida, ele faz as recomendações necessárias para reestruturar a gestão de modo que os problemas se resolvam e acompanha a sua implementação. Geralmente o processo dura de seis meses a um ano. Nesse período, o consultor pode sugerir que os líderes ou a equipe façam treinamentos que os capacite a colocar em práticas as recomendações.

O treinamento tem duração curta – de dois a 3 dias – e um alto impacto nas pessoas que participam. Ele é voltado ao desenvolvimento pessoal e promove a vivência dos participantes no contexto de liderança. Ao contrário da consultoria, que é mais teórica, o treinamento é prático e valoriza a experiência de cada um.

Tanto a consultoria como o treinamento podem ser aplicados separadamente, mas é comum que sejam usados em conjunto, dependendo dos objetivos. Os resultados costumam ser mais efetivos quando os métodos são usados dessa forma.

O treinamento pode ser uma recomendação da consultoria. Tive a experiência de ver o sócio de uma empresa de mais de 30 anos participar do treinamento junto com seus 150 colaboradores. Além de adquirir as habilidades pessoais que a vivência promove, ele se aproximou dos colegas de trabalho, o que foi muito valioso para a organização como um todo.

A consultoria também pode ser aplicada depois do treinamento. Isso porque é comum que os líderes tenham muitas ideias e insights para aplicar na empresa após a vivência. Mas, falham na hora de colocar em prática. A consultoria ajuda a mostrar o caminho par efetivar a mudança desejada.

Agora que você já sabe como a consultoria e o treinamento podem te tirar de um estado de estresse e baixos resultados para alcançar a excelência e a tranquilidade que você deseja, entre em ação e descubra como podemos tornar esse desejo uma realidade o quanto antes clicando nesse link:http://site.maislideranca.com.br/interesse-em-contratar

5.00 avg. rating (100% score) - 4 votes
  • Renato Cardoso Yaramo

    Consultoria? Treinamnto? Ou os dois?