O estresse no trabalho vale seu sucesso profissional?

Tempo de leitura: 3 minutos

Sabe aquela angústia de querer ter um dia bem sucedido mas não saber se vai dar conta de todas as tarefas? E a sensação de estar sempre atolado de coisas, com a cabeça cheia de problemas para resolver? A demanda e a pressão profissional são tantas que nem fora do trabalho você consegue descansar.

Esse é o estresse se manifestando. A sensação de cobrança e tensão a todo momento começa a se refletir no corpo. Você se sente cansado, sonolento, perde o apetite e tem dificuldade para se concentrar. Ou então os músculos ficam tensionados, você não consegue mais dormir e desconta na comida.

Tais sensações são os principais sintomas do estresse, esse distúrbio que decorre principalmente da pressão e cobrança no ambiente de trabalho. A situação é tão séria que uma pesquisa apontou que cerca de 90% dos brasileiros sofrem com alguma das manifestações de estresse como ansiedade, angústia e preocupação excessiva.

Em tempos de crise econômica isso pode se agravar. Os principais desencadeadores do estresse são fazer horas extras, realizar tarefa que não são arte de sua função, priorizar o trabalho em detrimento da família e a pressão para tomar decisões.

Quando não tratado, o estresse pode evoluir para crises de pânico, depressão, asma e gastrite. Mas, a curto prazo, ele afeta principalmente o seu desempenho pois reduz o seu nível de produtividade. Em outras palavras, o estresse é um risco para a saúde do seu corpo e para a situação financeira da sua empresa

Mas afinal como ter uma empresa de sucesso sem ficar estressado?

sucesso-stress-trabalho

Sabemos que gerenciar uma empresa requer uma boa dose de dedicação e muito malabarismo para dar conta de todas as demandas. Embora as tarefas sejam divididas, na hora em que a coisa complica, a responsabilidade sempre cai no colo do dono da empresa ou do gestor.

Há quem lide com as situações estressantes de maneira ainda mais prejudicial ao corpo, descontando no excesso de bebida, de comida, cigarro, muitas horas em frente a TV, medicamentos e drogas, entre outros hábitos não saudáveis.

Já as formas mais comuns e saudáveis de se combater o estresse incluem fazer terapia ou descansar e praticar atividades físicas durante o tempo livre. Mas, essas opções apenas aliviam o estresse fora do ambiente de trabalho, sem fazer mudanças drásticas no local onde os sintomas são desencadeados, ou seja, no próprio escritório!

Para que um líder ou gestor consiga manejar o estresse, é fundamental que ele desenvolva habilidades que, a longo prazo, garantam que ele tenha equilíbrio em todas as áreas da vida.

Se você está sempre trabalhando horas extras e sente que o dia não rende, é necessário gerenciar melhor o tempo, definindo prioridades e metas semanais e mensais.

Se você sente que tem uma sobrecarga de trabalho alta e muito além do que a sua função exigiria, é preciso saber o quanto está delegando tarefas aos outros.

Se não confia nos seus funcionários para trabalhar sem a sua presença para que você possa tirar um tempo de descanso, é preciso rever a sua liderança.

As possibilidades para reverter o estresse são tantas quanto as situações que o desencadeiam. O mais importante é entender que para reverter qualquer situação de estresse é preciso um redesenho da situação atual. Os grandes beneficiados dessa mudança são você, pessoal e profissionalmente, e o sucesso da sua empresa.

4.67 avg. rating (93% score) - 6 votes
  • Tiago Artioli Sharinamo

    Bem por aí! Confiar na equipe é fundamental para conseguir delegar e relaxar um pouco…

  • Cecilia Eva Pereira Valiati

    Muito boa as tuas colocações, a observação constante e a confiança é fundamental para liderar a equipe revendo habilidades e se colocando no lugar do outro e com a tenção dos dias atuais o estres está presente no dia a dia, obrigada por nos alertar. grande abraço